Publicidade
ECONOMIA

XP Investimentos estreia em Bolsa Norte-Americana

As ações da plataforma de serviços financeiros XP Inc começam a ser negociadas na bolsa norte-americana Nasdaq nesta quarta-feira (11), depois de precificar um IPO (Oferta Pública Inicial na sigla em inglês) na véspera que avaliou a companhia em quase US$ 15 bilhões.

A precificação foi concluída a 27 dólares por papel, cima da faixa de preço indicativa, confirmou a empresa. A XP tinha definido o intervalo indicativo de preço das ações entre US$ 22 e US$ 25.

Trata-se do maior IPO de uma empresa brasileira este ano, ao movimentar cerca de US$ 2,25 bilhões.

Na operação, a XP Inc emitiu 42.553.192 ações ordinárias Classe A e alguns acionistas vendedores venderam 29.957.449 papéis ordinários Classe A.

Em conexão com a oferta, os acionistas vendedores concederam aos subscritores uma opção de 30 dias para comprar até 10.876.596 ações ordinárias Classe A adicionais ao preço inicial da oferta pública, deduzido do desconto na subscrição.

Na visão da equipe do Safra, o sucesso do IPO da XP chancela a perspectiva do mercado de que a empresa continua apresentando altas taxas de crescimento, se beneficiando da intermediação dos bancos no universo de investimentos, conforme nota a clientes.

“Acreditamos que o IPO traga um resultado positivo para o Itaú de cerca de R$ 1,2 bilhão com a reavaliação da participação do Itaú no patrimônio da XP. No entanto, merece destaque que a participação atual do Itau na XP de 46% está avaliada em R$ 28,4 bilhões (considerado resultados não realizados), valor muito superior ao que o Itaú investiu R$ 6,3 bilhões em meados 2017.”

Fundada em 2001, a XP cresceu fortemente nos últimos anos, aproveitando o crescente interesse de pessoas físicas por novas classes de investimentos. Em 2017, o Itaú Unibanco comprou 49,9% da XP Investimentos. No fim do ano passado, o Banco Central autorizou a criação do Banco XP, um banco múltiplo com carteiras comercial e de investimento.

Fonte: Reuters


Publicidade

Anterior

Seguradora: Mais de 300 mil vítimas ficarão sem o DPVAT em 2020

Seguinte

Ativista Greta Thunberg é escolhida Personalidade do Ano pela Times