Publicidade
REGIONAL

Witzel tenta última cartada, mas Alerj deve aprovar impeachment na quarta-feira

A última tentativa do governador afastado Wilson Witzel para tentar evitar seu impeachment na Assembleia Legislativa do Rio, com uma defesa presencial no plenário da Casa antes da votação marcada para a próxima quarta-feira, não deve surtir efeito entre os parlamentares. A tendência na Casa é de uma repetição do quadro da votação na comissão especial do impeachment na última quinta-feira, quando os 24 deputados presentes aprovaram o relatório favorável ao afastamento.

Witzel anunciou pelo Twitter que vai participar da sessão. O ex-juiz poderá se manifestar após as falas dos deputados, antes da abertura do painel de votação. Em vídeo enviado para parlamentares na última terça-feira, Witzel já havia feito um apelo, afirmando que o parlamento estaria sendo “induzido ao erro”. “Dizem que eu recebi milhões de reais em corrupção, só que, até agora, o que encontraram são rendimentos declarados no meu imposto de renda. O governador Wilson Witzel precisa terminar o seu mandato”, afirmou.

Fonte: JORNAL EXTRA


Publicidade

Anterior

Corinthians ameaça não jogar o Brasileirão se torcida for liberada apenas no RJ

Seguinte

Fumaça de queimadas na região do Pantanal deve chegar ao Rio neste sábado