Publicidade
DNews

Universidade Estácio de Sá vai sediar maior evento educacional de economia na região neste final de semana

(Foto: Jornal O Diário)

A Universidade Estácio de Sá vai sediar o Startup Weekend, o maior evento educacional do mundo sobre startups promovido em Campos e na região Norte Fluminense, de sexta-feira (29) até o próximo sábado (1). O projeto tem o apoio institucional e na divulgação da prefeitura de Campos, através da secretaria de Desenvolvimento Econômico. Este é o maior conjunto de eventos deste tipo do mundo, com edições realizadas em quase 700 cidades em todos os continentes.

A startup é um empreendimento de crescimento rápido, em busca de um modelo de negócios escalável, que visa atender uma necessidade de mercado desenvolvendo um processo, serviço ou produto inovador. Já o Startup Weekend é um programa de imersão de 54 horas, onde durante um fim de semana desenvolvedores, designers e pessoas de negócios se unem para compartilhar ideias, formar times, construir produtos e lançar startups e negócios digitais.

Tudo começa na noite de sexta-feira (29), com o palco aberto para os participantes compartilharem suas ideias e inspirarem outros a se juntarem a seus times. As mais bem votadas são escolhidas. Durante o sábado e o domingo, os times focam em encontrar um modelo de negócios e criar um produto mínimo viável, utilizando metodologias e ferramentas como Lean Startup, Business Model Generation e Desenvolvimento de Clientes. Durante a maior parte do tempo haverá mentores convidados à disposição dos participantes. No domingo, os times apresentam o que construíram e recebem feedbacks valiosos de jurados experts. Os melhores são premiados

Um dos organizadores do evento, Pedro Perrone explicou que o Startup Weekend já foi realizado mais de 270 vezes em todo o Brasil. “Nosso objetivo é contribuir para a fundação e o fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo e startup em Campos e região, e acreditamos que o Startup Weekend é um ótimo caminho para começar a colocar isso em prática. Em meio à crise do petróleo, acreditamos que Campos vive um momento ideal para buscar alternativas e alimentar uma economia tão transformadora como a de startups”, disse.

 

*Da redação, com informações da SUPCOM


Publicidade

Anterior

Blocos da Bacia de Campos são os mais concorridos em licitação que arrecada R$ 3,84 bilhões

Seguinte

5º Grupamento de Bombeiro Militar tem novo comandante