Publicidade
DNewsSAÚDE

Teste da linguinha disponível na rede SUS de Campos

Os bebês que nascerem na maternidade do Hospital Plantadores de Cana (HPC) já podem realizar gratuitamente o teste da linguinha, exame que possibilita diagnosticar e indicar o tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua causadas pela língua presa, que podem comprometer as funções do recém-nascido como sugar, engolir, mastigar e falar.
Dentistas do Departamento de Odontologia da secretaria municipal de Saúde (SMS) concluíra, em agosto do ano passado, o curso de capacitação para realização dos testes, que desde então começou a ser realizado na rede.
“O teste da linguinha representa um grande avanço tanto para nós, profissionais da odontopediatria, quanto para as mamães e os pequenos. Os bebês que apresentarem alterações durante o exame serão encaminhados para atendimento com dentistas no Centro de Saúde. Os primeiros mil dias do bebê, que vai desde a gestação aos dois anos de vida, é o período de maior desenvolvimento psíquico e biológico, refletindo no futuro da criança” ressaltou a coordenadora do Programa Portas Abertas do Departamento de Odontologia da SMS e dentista, Luciana Barbosa.
O teste da linguinha é fundamental para amamentação. A meta, de acordo com Luciana, é alcançar as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) com amamentação exclusiva por seis meses e complementada com outros alimentos por dois anos ou mais.
O teste é feito antes da alta hospitalar, realizando avaliação da mamada. Depois de receber alta, o bebê será encaminhado para consulta clínica de rotina e acompanhamento odontológico. Os bebês diagnosticado com anquiliglossia (língua presa) ou dificuldade na amamentação serão encaminhados para acompanhamento e tratamento na rede municipal se necessário.
“O tratamento é realizado no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que funciona no Centro de Saúde, com a cirurgia de frenotomia, (pique lingual) realizado por especialistas na área. Os bebês que não nascerem no HPC devem procurar o departamento de odontologia/ odontopediatria para que seja realizado o teste e as consultas de acompanhamento “concluiu a dentista.
Mesmo os bebês que não apresentam dificuldade na amamentação e que ainda não têm dentes, devem ir ao dentista.
Fonte: Supcom

Publicidade
Anterior

Bolsonaro diz que vai trabalhar para o Brasil ser exemplo para o mundo

Seguinte

3º Circuito Gastronômico de Verão chega a Campos com pratos típicos da estação