Publicidade
DNewsREGIONAL

Sindicância é aberta para apurar mortes em educandário em Conceição de Macabu, no RJ

Quarto do educandário em foto de 2011 (Foto: Salvador Scofano/Governo do Estado do Rio de Janeiro)

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social publicou no Diário Oficial do Estado do Rio da última sexta-feira (1º) que foi instaurada uma sindicância para apurar as causas de mortes de internos do Educandário Rego Barros, unidade subordinada à secretaria que abriga pessoas com deficiência em Conceição de Macabu, no Norte Fluminense.

Segundo a publicação, as mortes aconteceram em junho e julho de 2017 e a sindicância tem prazo de 30 dias para terminar.

Ainda de acordo com o texto do Diário Oficial, a apuração será realizada por uma comissão formada por três servidores da secretaria.

A secretaria informou também que a apuração corre sob sigilo.

Fonte: G1

Publicidade
Anterior

MPRJ ajuíza ação para obrigar a prefeitura de Campos a regularizar o atendimento pediátrico no HGG

Seguinte

Vacina é pouco procurada e Campos, RJ, mantém campanha de imunização contra a gripe