Publicidade
ESPORTES

Saudade do futebol? Campeonato Alemão tem ‘final antecipada’ nesta terça-feira

É Borussia Dortmund x Bayern, mas hoje pode chamar também de Haaland x Lewandowski. A dupla de centroavantes vem justificando desde o início da temporada as atenções que promete roubar no clássico desta terça-feira, às 13h30 (de Brasília), no Westfalenstadion, pela 28ª rodada do Campeonato Alemão.

Separados por 12 anos de idade, mas unidos pela vocação do gol, Haaland e Lewandowski vêm lidando muito bem com as expectativas.

O norueguês é a sensação da temporada 2019/20. Começou brilhando com a camisa do RB Salzburg na Áustria e na fase de grupos da Liga dos Campeões. O Borussia Dortmund se apressou e venceu a concorrência de diversos times para contratá-lo em janeiro. Desde então, são 13 gols em 13 jogos entre Alemão, Copa da Alemanha e Champions.

No total, são 41 gols em 35 jogos – ou um gol a cada 58 minutos, média um pouco melhor se considerarmos apenas o período no Dortmund (um gol a cada 71 minutos). Faltou ressaltar outro número importante: ele tem apenas 19 anos.

Lewandowski é a versão madura dos centroavantes. Apesar de ter surgido no Dortmund há uma década, o polonês vive hoje o seu auge técnico e físico aos 31 anos.

São 41 gols em 35 jogos (um gol a cada 72 minutos) e duas artilharias imponentes: a da Liga dos Campeões (11 gols) e a da Bundesliga (27). Como Haaland já foi eliminado na Champions (com 10 gols) e tem apenas 10 no Alemão por ter jogado menos, essa é uma batalha particular já vencida.
O confronto também pode ser considerado uma final antecipada do Alemão. Com 61 pontos, quatro a mais do que o rival, o Bayern pode aumentar a vantagem e ficar bem perto do octa da Bundesliga nas seis últimas rodadas. A equipe vem de oito vitórias seguidas e está invicta há 13 partidas na temporada e no Alemão. No confronto do turno, em novembro do ano passado, a equipe de Munique goleou em casa por 4 a 0, com dois de Lewandowski, e superou o Borussia na classificação, mas Haaland não estava na equipe de Dortmund ainda.

Atuações memoráveis

Até então, Lewandowski viveu o seu momento de maior glamour quando marcou quatro gols contra o Real Madrid no jogo de ida da semifinal da Champions em 2012/13, quando ainda vestia a camisa amarela e preta do Borussia Dortmund.

Pelo Alemão, seus cinco gols em nove minutos contra o Wolfsburg, já defendendo o Bayern, em setembro de 2015, também ainda repercutem. Até porque seria impossível esquecer a careta de Pep Guardiola com o voleio de seu centroavante no quinto gol.

Haaland é o primeiro jogador com menos de 20 anos a marcar em seus cinco primeiros jogos da Champions. Em setembro, aos 19 anos e 58 dias, tornou-se o terceiro jogador mais jovem a marcar três gols na competição continental. Somente Raúl González (Real Madrid) e Wayne Rooney (Manchester United) foram mais precoces.

Seus sete gols nos três primeiros jogos na Bundesliga, em janeiro, iniciaram uma verdadeira “Haalandmania” na Alemanha.

O que faz deles tão especiais?

A altura de Haaland (1,94m) talvez seja a primeira característica a lhe chamar a atenção. Mas ele é igualmente rápido, forte e está longe de ser um grandalhão responsável pelo último toque.

Sua capacidade de se desmarcar e aproveitar as costas da defesa em velocidade já lhe rendeu alguns gols nesta Bundesliga

Lewandowski possui o mesmo instinto matador e talvez até mais técnica e inteligência tática do que Haaland demonstrou até aqui. É capaz de encontrar espaços no meio dos marcadores, recuar para ajudar na aproximação dos companheiros e não encontra problemas em finalizar com a direita, esquerda, cabeça, de primeira ou de segunda.

Prováveis escalações:

  • Borussia Dortmund: Bürki, Piszczek, Hummels e Akanji; Hakimi, Can, Brandt e Guerreiro; Sancho, Haaland e Hazard. Técnico: Lucien Favre.
  • Bayern de Munique: Neuer, Pavard, Boateng, Alaba e Davies; Kimmich e Goretzka; Gnabry, Müller e Coman; Lewandowski. Técnico: Hansi Flick.
Fonte: GLOBO ESPORTE

Publicidade

Anterior

Após reviravolta, farmacêutica Abbott pode fornecer testes de Covid-19 ao Brasil

Seguinte

Senado aprova proibição de corte de luz em véspera de fins de semana