Publicidade
DNews

Rodoviários realizam mais uma manifestação e serviço fica comprometido

(Foto: Jornal O Diário)

Os funcionários da empresa São Salvador, que estão com as atividades paralisadas, realizam mais uma manifestação, na manhã desta segunda-feira (29), em frente à Rodoviária Roberto Silveira, no centro de Campos. Eles também tiveram o apoio dos trabalhadores das empresas Turisguá, São João e Cordeiro. O Trânsito ficou parcialmente interditado, e várias linhas de ônibus foram interrompidas.

Os operários da São Salvador e Turisguá reivindicam o pagamento de quatro meses de salários atrasados. Já a empresa São João não paga há quase três meses e a Cordeiro está com um mês de atraso, além do 13º salário dos funcionários, que ainda não foram pagos.

De acordo com um funcionário da empresa São Salvador, que optou por não se identificar, tem acontecido reuniões com representantes do Instituto Municipal de Transportes (IMTT), mas até agora nada foi decidido. “Nós estamos abertos ao diálogo, mas até agora não ouvimos nenhuma solução concreta. Muita gente aqui está com problemas sérios devido ao atraso de salários. Nós temos contas a pagar, e precisamos chamar a atenção para isso. Infelizmente, quem paga é a população”, desabafou.

O Sindicato dos Rodoviários não estava presente na manifestação, e também não atendeu as ligações da equipe de reportagem do jornal O Diário.

A nossa produção entrou em contato com o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) e aguarda um posicionamento.

 


Publicidade

Anterior

Pagamento de janeiro dos servidores será depositado nesta quarta-feira

Seguinte

Petrobras aumenta preço da gasolina na refinaria nesta terça-feira