Publicidade
DNewsPOLÍCIA

Polícia prende homem suspeito de dar 12 facadas na ex-mulher

Policiais da 56ª DP (Comendador Soares) prenderam Pedro Silva. Ele é apontado pela polícia como o suspeito por ter dado 12 facadas na ex-mulher. A prisão foi feita nesta quarta-feira (11).

A vítima, Ely Nascimento Arêas Silva, de 42 anos, está internada no hospital da Posse, também em Nova Iguaçu. Ela apresentou melhora e poderá ser ouvida por investigadores.

Segundo a família, o ataque foi cometido no dia 29 de fevereiro. Familiares contam que Ely estava em casa, no bairro Jardim Nova Era, quando foi atacada. Ainda segundo parentes, Pedro ligou para o irmão de Ely e confessou o crime, achando que tinha matado a ex-mulher.

“Na ligação ele diz assim ‘deu ruim, deu ruim, eu matei a Ely’”, segundo Oséas Arêas, irmão da vítima.

Segundo a família, por causa do comportamento violento do ex-marido, Ely decidiu se separar após 22 anos de casamento.

“Não foi a primeira vez que houve uma tentativa de assassinato. Houve agressões durante toda a sua vida de casamento, durante os 22 anos”, destacou Oséas.

As duas filhas de Ely não estavam em casa na hora do crime.

Monitor da violência

Segundo dados do Monitor da Violência, divulgado pelo G1 na quinta-feira (5), foram registrados no estado do RJ 84 casos em 2019, contra 71 em 2018, um aumento de 18%.

Fonte: G1


Publicidade

Anterior

Exame confirma que criança desaparecida por 17 horas sofreu abusos, diz parente

Seguinte

Governo sanciona lei que promove sargentos por tempo de serviço sem necessidade de curso