Publicidade
JUSTIÇA

PGR denuncia Dilma, Lula, Palocci e Gleisi por propina da Odebrecht

Todos são acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, a partir de delações premiadas de ex-executivos da empreiteira Odebrecht. Segundo a denúncia, a Odebrecht prometeu a Lula doação de US$ 40 milhões, o equivalente a R$ 64 milhões, em troca de decisões políticas para beneficiar a empresa.

De acordo com a PGR, além dos depoimentos de delação, foram colhidos nas investigações documentos, como planilhas e mensagens, fruto da quebra de sigilo telefônico.

Em contrapartida pela doação, a procuradoria afirma que a Odebrecht foi beneficiada com aumento da linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com Angola, país africano onde a empreiteira tinha negócios.

Fonte: Agência Brasil
Publicidade
Anterior

Dólar fecha acima de R$ 3,50 pela primeira vez em quase dois anos

Seguinte

Diego Hypolito achava que acusações contra ex-técnico eram fofoca: "Não fazia ideia"