Publicidade
REGIONALSAÚDE

Município terá Campanha Nacional de Multivacinação a partir de segunda

Começa na próxima segunda-feira (5), a Campanha Nacional de Multivacinação. O objetivo é atualizar a caderneta de crianças e adolescentes com idade entre 6 meses e menores de 15 anos.

A Campanha acontece até o dia 30 de outubro e, de acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as vacinas presentes nos calendários de imunização estarão disponíveis em mais de 30 salas de vacinação das Unidades Pré-hospitalares (UPH) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

No mesmo período da Campanha, o município dá seguimento à Campanha Estadual de Imunização contra o Sarampo com Dia D de mobilização, em 17 de outubro. Para a data, considerada o Dia Nacional da Vacinação, o chamado à população será intensificado para garantir um alcance maior da campanha e o atendimento será de livre demanda de segunda a sexta-feira, das de 8h às 17h.

Das salas de vacinação, 16 UBSs e a Cidade da Criança atenderão por agendamento que deve ser feito por telefone. Outras 13 UBSs e três UPHs não precisam de agendamento, mas deve ser observado o protocolo de segurança contra o coronavírus, como o distanciamento social, higienização correta das mãos, uso de máscara e uso de álcool gel 70%. Confira abaixo as UBSs de atendimento. As Unidades Pré-Hospitalares disponibilizadas serão: UPH São José, Santo Eduardo e Travessão. As UBSs de Santo Amaro e Tocos estão recebendo ajustes finais para realizarem a vacinação nos próximos dias.  Para agendamento na Cidade da Criança o número de contato é o (22) 98179-3393.

De acordo com a assessora chefe da Vigilância Epidemiológica e Imunização, Roberta Lastorina Rios, todas as vacinas presentes nos calendários da criança e do adolescente farão parte da Campanha Nacional de Multivacinação.

– Toda criança que estiver com o calendário atrasado vai poder fazer a adequação. No caso da poliomielite, as crianças acima de 1 ano até 4 anos e 11 meses e 29 dias que estiverem com o esquema de VIP completo, ou seja, que tenham tomado as três doses injetáveis, receberão uma dose adicional vacina contra poliomielite do tipo gotinha, explica Roberta.

Em conjunto com as vacinas da criança e do adolescente, também será oferecida imunização contra o sarampo para todos da faixa etária entre 6 meses e 59 anos. “Esta imunização já vem sendo feita desde o ano passado, mas devido ao aumento da transmissão da doença no Estado, todos os adultos de 20 a 49 anos deverão receber uma dose extra”, disse Lastorina.

As campanhas são realizadas em conjunto com as Secretarias de Estado de Saúde (SES) e Ministério da Saúde, logo a imunização será ministrada de acordo com as doses liberadas para o município.

Vacinas que integram a campanha

No calendário da criança, que inclui a imunização de crianças de até 10 anos de idade, são 13 vacinas no total. São elas: BCG, Hepatite B, Penta (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e poliomielite), Polio inativada, Polio oral, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Febre Amarela, Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), DTP (tríplice bacteriana), Hepatite A e Varicela.

Já no calendário do adolescente há mais vacinas, além de reforços das imunizações feitas na infância. São elas: Hepatite B, Febre Amarela, Tríplice viral, Difteria e tétano adulto, DTPa (se gestante), Meningocócica ACWY, HPV quadrivalente.

Fonte: PMCG


Publicidade

Anterior

Campos lança o primeiro edital da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc

Seguinte

FMI melhora previsão de queda do PIB do Brasil de 9,1% para 5,8%