Publicidade
POLÍCIA

MP determina prisão de homem por matar esposa em Campos

Geciane foi morta a tiros dentro do próprio carro

Fabiano de Melo Pessanha, de 38 anos, foi denunciado na tarde desta quinta-feira (17) pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), por meio do Grupo Especial de Combate a Homicídios de Mulheres (GECOHM/MPRJ), por feminicídio. Ele teria assassinado a tiros, em março deste ano, sua mulher, Geciane Silva de Medeiros, de 40 anos, no bairro Novo Jóquei, em Campos, dentro de um veículo Corcel.

Na denúncia, ajuizada no mês passado, o MP-RJ ressalta que Fabiano revelou menosprezo em relação à vítima, sua companheira, “tratando-a como objeto pessoal, em razão da condição do sexo feminino”, caracterizando desta forma o crime de feminicídio, cuja pena varia de 12 a 30 anos de prisão.

Fabiano já se encontrava em prisão temporária desde o último mês de junho. Após a denúncia do MPRJ, foi decretada a prisão preventiva, pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Campos.

Logo após o crime, Fabiano havia alegado que os dois tinham sido vítimas de assalto e que os bandidos teriam atirado em Geciane.

O CRIME

Geciane foi atingida por um tiro na cabeça

No dia do crime, em 22 de março deste ano, Geciane estava com o marido dentro de um Corcel seguindo em direção ao Jóquei quando, de acordo com a versão de Fabiano, homens armados abordaram o casal, ordenando que parasse o carro. Imediatamente, o marido da vítima parou e desceu do veículo, quando criminosos efetuaram disparos que atingiram Geciane na cabeça, vindo a óbito no local. O marido da vítima não sofre ferimentos, mas precisou ser socorrido devido ao estado de choque.

Buscas foram feitas, mas nenhum suspeito havia sido preso.

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso registrado na 134ª Delegacia Legal/Centro para investigação.

Fotos: Divulgação


Publicidade

Anterior

Ministro diz que sai até a próxima semana a decisão do STF sobre impeachment de Temer

Seguinte

Eleitores de Rio das Ostras terão que passar pelo cadastramento biométrico