Publicidade
REGIONALSAÚDE

Movimento tranquilo no primeiro dia de vacinação dos trabalhadores do transporte

A vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores do transporte público urbano começou nesta segunda-feira (05) e foi marcada por pouco movimento. Neste primeiro dia somente 36 rodoviários compareceram ao local da imunização, que segue no decorrer da semana, na sede do Sest Senat, das 9h às 15h. Além dos rodoviários, permissionários do transporte alternativo e taxistas cadastrados no Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) também serão vacinados.
O motorista Fábio Roberto Gomes Calda, de 49 anos, foi um dos imunizados. “Por causa da correria do dia a dia não consegui tomar a vacina quando foi aplicada para minha idade. Estou feliz em poder tomar a vacina hoje em um locar tranquilo e sem aglomeração”, disse.
Quem também compareceu ao posto de vacinação foi a cobradora Márcia Cristina Henrique da Cruz. Ela tem 19 anos e é jovem aprendiz na empresa São João. “Assim que a empresa me informou que poderia tomar a vacina, vim imediatamente. É muito bom poder receber a vacina”, declarou.
Já o cobrador Cristian da Silva Reis disse que achava que só conseguiria tomar a vacina no final do ano. “Foi uma oportunidade muito boa, pois mesmo integrando os serviços que não foram paralisados na pandemia, achei que só tomaria a vacina no final do ano. É uma sensação muito boa”, disse o jovem de 24 anos.
A vacina para os trabalhadores do transporte público é feita através de uma listagem que o IMTT já disponibilizou com a relação dos profissionais das categorias a serem vacinadas. Eles deverão apresentar documentação com foto e CPF para a imunização, conforme calendário abaixo.
CRONOGRAMA:
06/07 (terça-feira) – RODOVIÁRIOS
07/07 (quarta-feira) – PERMISSIONÁRIOS
08/07 (quinta-feira) – PERMISSIONÁRIOS
09/07 (sexta-feira) – PERMISSIONÁRIOS
12/07 (segunda-feira) a 16/07 (sexta-feira) – TAXISTAS
FONTE: COMUNICAÇÃO PMCG

Publicidade

Anterior

Vacina contra a gripe disponível para toda a população em 14 postos

Seguinte

Governo anuncia prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses