Publicidade
REGIONALSAÚDE

Motoboys recebem a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Com o avanço da imunização contra a Covid-19 em Campos, começou nesta sexta-feira (16), a vacinação dos motoboys, uma das categorias que não paralisaram os trabalhos desde o início da pandemia do novo coronavírus. A vacinação, que acontece no Sest/Senat, no Parque Rodoviário, ao lado do Shopping Estrada, prossegue na segunda-feira (19). O prefeito Wladimir Garotinho sancionou, em junho, a lei que reconheceu prioridade na vacinação dos motoboys.
Serão vacinados os motoboys maiores de 18 anos, que tiverem os nomes na listagem da associação e, também, do aplicativo IFood. Os trabalhadores deverão apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. De acordo com a Secretaria de Saúde, caso o nome do motoboy não conste da lista encaminhada ao Sest/Senat, basta apresentar carteira de trabalho ou documentação semelhante que comprove o exercício da função para ser imunizado.
– Os motoboys foram a categoria que, junto com enfermeiros e médicos, nunca pararam. E hoje agradecemos ao nosso sindicato, à Câmara que aprovou a lei para nossa prioridade e ao prefeito, que teve a sensibilidade de sancionar a lei, reconhecendo a luta de todos nós, motoboys de Campos – destacou Flávio Mansur, de 44 anos, 20 deles trabalhando como motoboy.
Outro que aguardava na fila para vacinação, Rafael Soares, de 28 anos, que trabalha como motoboy há três anos, disse que sua expectativa era grande. “Pra gente é muito importante, porque desde o início atuando com o risco de epidemia e estar imunizado é uma segurança a mais. É uma vitória para os motoboys. E nem quero saber qual vacina vai ser, porque o importante é estar vacinado e vou receber a minha primeira dose hoje”, concluiu o jovem trabalhador.
Nesta sexta-feira (16), a vacinação dos motoboys aconteceu junto com a repescagem de funcionários do transporte de passageiros. Todos receberam senhas e locais para sentar, respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19.
FONTE: COMUNICAÇÃO PMCG

Publicidade

Anterior

Cresce recusa de vacina contra covid-19; relato é de 2.097 cidades

Seguinte

Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial