Publicidade
SAÚDE

Ministério da Saúde diz que tem ‘grande interesse’ na compra da vacina Sputnik V

O Ministério da Saúde conta com a vacina Sputnik V para ampliar a vacinação contra a Covid-19 no país e comunicou ao fabricante, a União Química, que quer adquirir doses o mais brevemente possível.

A divulgação de que o nível de eficácia geral da vacina ultrapassa a marca dos 90% entusiasmou integrantes da cúpula da Saúde, com quem a CNN conversou nesta quarta-feira (3). O clima é de pressão sobre a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), que ainda não liberou a fase 3 de testes da vacina por avaliar que ainda não tem todas as informações necessárias.

Na semana passada, por meio de ofício, o secretário executivo da pasta, Élcio Franco, afirmou ao presidente da União Química, Fernando Marques, e ao CEO do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF), Tagir Sitdekov, que o ministério “está disposto a formalizar tratativas comerciais com essa empresa para a eventual aquisição de lotes do imunizante, de forma a aumentar o mais brevemente possível a oferta de imunizantes à população brasileira”.

No documento, Franco aponta para o “grande interesse” do ministério na vacina e que a compra depende “de autorizações da Conep e da Anvisa; o início da realização de estudo clínico de fase 3 no Brasil; e comprovada a submissão à Anvisa do pedido de registro para uso emergencial e temporário da vacina”.

Fonte: CNN BRASIL


Publicidade

Anterior

Fluminense visita o Bahia sonhando com vaga na Copa Libertadores

Seguinte

Estado do Rio prevê programa para substituir o auxílio emergencial