Publicidade
DNews

Ministério da Agricultura em Campos, RJ, volta a atender pescador artesanal das regiões Norte e Noroeste

A Superintendência Federal de Agricultura no Estado do Rio de Janeiro (SFA-RJ) vai retomar nesta terça-feira (2) o atendimento das demandas administrativas e a resolução de outras necessidades dos pescadores artesanais, na unidade regional em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

O local de atendimento será na Rua Saldanha Marinho, 378, no Centro, onde uma solenidade de reabertura do escritório local está marcada para as 15h desta terça.

A medida soluciona uma das principais necessidades da pesca artesanal do Norte e Noroeste Fluminense e foi anunciada na última semana pelo superintendente da SFA-RJ, Gilberto Alencar Belo, durante reunião com presidentes de oito colônias de pescadores artesanais das regiões, na sede do órgão no Rio de Janeiro.

“Treinamos quatro funcionários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o atendimento. Com a volta do atendimento aos pescadores e às colônias de pesca na unidade em Campos, os trabalhadores desse setor contarão novamente com um apoio mais próximo e acesso facilitado e ágil aos serviços prestados pela Divisão de Aquicultura e Pesca da SFA-RJ”, explicou o superintendente.

O atendimento ao setor pesqueiro foi interrompido na unidade regional em março de 2017, quando a Superintendência de Aquicultura e Pesca (SAP) foi transferida do Mapa para o então Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e, em seguida, anexada à Secretaria Geral da Casa Civil da Presidência da República

Com a reincorporação da SAP, em janeiro deste ano, retornou ao Mapa a competência para ordenar e desenvolver a aquicultura e a pesca, o que possibilitou à SFA-RJ a retomada dos serviços prestados aos pescadores em sua unidade de Campos.

“São cerca de 7 mil pescadores artesanais em toda região Norte e Noroeste que serão beneficiados novamente por nossa unidade com seus recadastramentos anuais, regularização de toda documentação e emissão de formulários de pescas para habilitá-los a receber o auxílio defeso junto ao INSS. Valeu todo esforço para trazer de volta o atendimento em Campos. Uma grande conquista para a pesca da região”, ressaltou Carlos Faria Café.

Fonte: G1

Publicidade
Anterior

Barco fica à deriva e família é resgatada em mar no interior do RJ

Seguinte

PM apreende droga enterrada em terreno abandonado em Campos, no RJ