Publicidade
REGIONAL

Medidas restritivas de circulação reduziram em 75% fluxo de veículos na área central

Medidas de lockdown instituídas por decreto em Campos aumentaram o isolamento social no município, segundo informações do integrante do gabinete de crise para ações de prevenção e combate ao coronavírus, Felipe Quintanilha. Com as medidas restritivas de circulação, o fluxo de veículos reduziu 75% na área central e 65% no município como um todo. No transporte coletivo houve diminuição de 72%. Apesar do grande avanço, que mostra que a população entendeu a ideia de isolamento social, ainda é preciso que todos se mantenham firmes nas medidas de distanciamento e isolamento. O prefeito Rafael Diniz publicará novo decreto ainda neste sábado (23), mantendo as medidas de isolamento para redução da circulação, porém com algumas flexibilizações.
– Medir o isolamento com precisão é algo muito difícil. Haja vista que há muitas variáveis, dentre elas a triangulação das antenas de telefonia, rede de dados de telefonia, contagem de tráfico de veículos e número de passageiros que utilizam o transporte coletivo. As medidas de lockdown adotadas nesta semana refletirão na curva da pandemia daqui a 14 dias, uma vez que a infectividade abaixa por não haver circulação viral, como nos ensina a dra. Andreya – explicou Felipe. “O resultado efetivo dessa medida só conseguiremos medir daqui a duas semanas. Para continuarmos tendo resultados positivos é importante que, quem puder, fique em casa”, completou Quintanilha.
Ele pontuou que serão mantidos os bloqueios e interdições de vias, e a restrição de circulação somente para atividades autorizadas por decreto. “O prefeito vem buscando flexibilizar algumas atividades. Entendemos que neste momento isso é possível. Atingimos níveis de isolamento bem maiores com o lockdown. Com as flexibilizações, esperamos ficar no meio termo entre o percentual atingido antes do isolamento completo e o índice que registramos nesta semana”, avaliou o secretário.
Leitos — Felipe lembrou que a Prefeitura de Campos ampliou o número de leitos de UTI e leitos clínicos no município. Foram implantados 10 novos leitos de UTI e 20 novos leitos de clínica médica no Centro de Controle e Combate ao Coronavírus de Campos, implantado para receber pacientes com suspeita da doença, seja por procura espontânea ou encaminhados por médicos do atendimento 192 – Centro de Informações da Covid. Agora o município conta com 29 leitos de UTI e 60 leitos clínicos. Campos já confirmou 460 casos de covid-19, com 26 óbitos. Mesmo com a grande demanda, nenhum cidadão que tenha precisado de atendimento para Covid 19 ficou sem assistência no município.
Felipe defendeu a necessidade de o Governo do Estado ampliar o número de leitos regulados pelo Estado no município. “Independente de qual será a solução, precisamos que o Estado aumente o número de leitos regulados por eles em Campos para assegurar o atendimento regional”, concluiu.
Fonte: PMCG

Publicidade

Anterior

Exame de Toffoli para Covid-19 dá negativo

Seguinte

SJB mantém isolamento, mas sem lockdown