Publicidade
DNews

Médicos iniciam greve e realizam ato em Campos, no RJ

Os médicos da rede municipal de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, iniciaram uma greve na manhã desta quarta-feira (7). Os profissionais realizam um ato com cartazes e faixas em busca de melhorias para categoria na frente ao Hospital Ferreira Machado (HFM).

Segundo o sindicato da categoria, somente as emergências e urgências dos hospitais vão funcionar e as consultas agendadas serão desmarcadas.

As reivindicações são nomeações imediatas dos médicos para os cargos responsáveis técnicos atualmente vagos em todas as Unidades Pré- Hospitalares (UPH).

Eles pedem também a manutenção da contratação de clínicos na UPH de Guarus, autorizada e depois suspensa antes que todas as vagas tivessem sido completadas.

Os médicos pedem ainda uma criação de uma central de regulação única de vagas para pacientes de emergência e melhoria das condições sanitárias nas unidades de saúde.

Outras reivindicações são as correções nas distorções encontradas nas farmácias dos serviços de emergência, hospitalares e ambulatoriais. Além de correção dos casos dos transportes na saúde, revisão da suspensão da autorização de férias e licenças profissionais, retorno imediato da discussão do plano de cargos e salários dos servidores.

A Prefeitura de Campos informou que através de recursos próprios e emendas parlamentares, vem reequipando diversas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Pré- Hospitalares e os dois hospitais (Ferreira Machado e Geral de Guarus).

A nota diz ainda que repassa cerca de R$ 8 milhões por mês aos hospitais contratualizados.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a administração municipal não mede esforços para regularizar o quanto antes o pagamento das gratificações e com relação às consultas marcadas para este período serão remarcadas posteriormente.

Fonte: G1


Publicidade

Anterior

Incêndio atinge compressor de lavanderia de hospital em Campos, no RJ

Seguinte

Operação contra o tráfico de drogas prende 5 em São Francisco de Itabapoana, no RJ