Publicidade
ESPORTES

Marcão promete “Fluminense de Odair” no início, mas quer próprio estilo: “Ver se grupo recebe bem”

Escolhido como substituto de Odair Hellmann, que foi para o Al Wasl, dos Emirados Árabes, Marcão foi apresentado como novo treinador do Fluminense em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, por videoconferência. Efetivado no cargo até o fim da temporada, que se encerra em fevereiro de 2021, o ex-volante começou a treinar a equipe na última terça e fará sua reestreia no clássico do próximo domingo contra o Vasco, às 20h30 (de Brasília) em São Januário.

Mas como será o time de Marcão? No ano passando, quando assumiu o time na reta final do Campeonato Brasileiro, usou uma forma de jogar parecida com a de Fernando Diniz, e que é diferente da de Odair. Em suas primeiras palavras, o novo treinador prometeu manter em seu início as ideias do antecessor, dando continuidade ao trabalho, mas projetou implementar um estilo próprio com o passar do tempo.

– A gente pretende manter tudo de bom que o professor deixou. O clube, a equipe, o grupo tem uma maneira de jogar hoje. E a pessoa que sentar aqui hoje tem que respeitar isso. A gente vai manter esse nível de dedicação, competição… Nossa equipe vai competir, vai marcar forte. Isso que a gente pretende fazer. O que a gente puder contribuir, da maneira que o Marcão gosta de jogar, a gente vai tentar fazer. Vamos ver se o grupo recebe bem. Mas a princípio vamos fazer o que o professor já vinha fazendo, dar continuidade ao processo, que é vencedor para esse Campeonato Brasileiro.

Fonte: GE


Publicidade

Anterior

Willian Arão, do Flamengo, sofre lesão na coxa e inicia tratamento

Seguinte

Pela primeira vez, Testagem Itinerante na praça do Parque Prazeres