Publicidade
DNews

Mais de 700 servidores de Campos, RJ, ainda não fizeram cadastro biométrico

O ponto biométrico da Prefeitura de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, está em funcionamento há um mês e mais de 16 mil servidores se cadastraram, mas 711 ainda não. Segundo o município, quem deixar de fazer terá o pagamento suspenso em setembro.

O prazo de cadastramento teve início em abril e chegou a ser prorrogado seguindo até agosto.

O secretário de Gestão Pública, André Oliveira, reforçou que quem ainda não se cadastrou deve se dirigir ao posto de atendimento, na sede da Prefeitura, em frente ao Protocolo Geral, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h.

“A mesma situação se aplica aos 1056 servidores que possuem cadastro e não bateram ponto nenhum dia, desde que o sistema começou a operar. Todos os servidores lotados em departamento onde há o relógio devem bater o ponto, diariamente, na entrada e saída”, explicou André.

O cadastro do ponto biométrico alcança servidores efetivos, cargos comissionados, estagiários, servidores cedidos e contratados por tempo determinado. Para realizar o cadastro é preciso apresentar documento de identidade e número da matrícula. Os servidores em locais onde ainda não há relógio também devem se cadastrar no sistema do ponto biométrico.

Fonte: G1


Publicidade

Anterior

Justiça não autoriza prisão de lutador suspeito de agredir namorada médica e determina medida protetiva

Seguinte

PM apreende 50 kg de maconha dentro de casa em Campos, no RJ