Publicidade
POLÍCIA

Lei Seca retoma fiscalização e número de motoristas alcoolizados dobra

O Programa Lei Seca retomou a fiscalização nas ruas e registrou um aumento de 105% no número de motoristas alcoolizados, comparado ao período anterior à pandemia do coronavírus. Os agentes já realizaram 70 operações desde o retorno, dos 2339 motoristas abordados, 191 tinham ingerido uma quantidade de álcool maior do que a permitida por lei.
As blitzes estavam suspensas desde o dia 18 de março devido à pandemia e retomaram no dia 8 de outubro. Desde então, 8,2% dos motoristas parados não passaram no teste do bafômetro. Antes da pandemia, a média de motoristas alcoolizados era de 4%.
As fiscalizações possuem um novo modelo desenvolvido em conjunto com a Secretária de Estado de Saúde, utilizando protocolos sanitários para não expor a risco de contaminação os profissionais e nem os motoristas.
Todos os profissionais que atuam nos pontos de fiscalização usam máscara e protetor facial. Além disso, há o distanciamento entre o motorista e os agentes pelo uso de uma barreira protetora de plástico transparente. Os motoristas que não estiverem usando a máscara facial ainda receberão uma descartável.
Fonte: JORNAL O DIA

Publicidade

Anterior

Cidades fluminenses temem colapso de serviços básicos com perda de royalties

Seguinte

Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV