Publicidade
ESPORTES

Josué Teixeira critica pré-jogo do Tigres: “Um desserviço ao futebol”

osué Teixeira queixou-se também de ter recebido uma escalação com nomes errados antes do início do jogo

A final da Taça Santos Dumont entre Americano e Tigres já tem quase duas semanas. No entanto, o reencontro entre as partes se deu nesta quarta-feira (18/07), em Xerém, pela segunda rodada da Taça Corcovado. O Cano venceu por 4 a 1 e aumentou a série para 11 triunfos consecutivos na Série B1 do Estadual. Apesar de felicidade pelo resultado expressivo, o técnico Josué Teixeira, no entanto, deixou o estádio insatisfeito com a postura apresentada pelos rivais antes da partida.
“Valorizo qualquer adversário que joga comigo. Respeito e elogio todos. Quando vencemos o jogo, li algumas entrevistas de jogadores dizendo que o nosso campo era ruim, que nosso time não tinha qualidade e usava o campo para poder ganhar. Houve um menosprezo ao nosso resultado, a nossa conquista e ao nosso trabalho. Disseram que agora, com o campo melhor, iam mostrar que mereciam ser campeões. O resultado final do jogo diz alguma coisa “, afirmou o treinador.
Josué Teixeira queixou-se também de ter recebido uma escalação com nomes errados antes do início do jogo. Tradicionalmente, as equipes envolvidas em jogos da Série B1 trocam as relações entre si. O treinador contou que, na que foi entregue a ele por parte do Tigres, não constava no nome do lateral Gabriel, que por coincidência acabou marcando o único gol da Fera da Baixada.
“Me entregaram uma relação com nomes errados. Depois, na hora de assinar a súmula, que vieram falar do erro pedindo desculpas. Eu disse: “Pode ficar com o papel que não me interessa mais. Tenho 30 anos de futebol e conheço essa artimanha. Se vocês acham que um jogador vai fazer a diferença para ganhar um jogo desses, então fica a critério de vocês” – disse Josué, que criticou duramente o momento de bastidor do adversário:
“Uma relação que não se erra nunca, você erra logo num jogo importante? É um desserviço ao futebol. Tem que existir mais cuidado com os profissionais que estão envolvidos. Isso não existe. Entregar uma relação com nome errado já está superado. Fico tentando entender o motivo das pessoas não serem transparentes. Se fosse uma troca de um jogador, tudo bem, mas era um titular, a gente sabe que é só copiar e colar a relação do jogo anterior. Isso é lamentável, é feio.”
De volta a Campos, o Americano já vai retomar os treinos. Afinal, o próximo compromisso é já neste sábado (21/07), às 15h, contra o Audax, no Ângelo de Carvalho
Fonte: FutRio

Publicidade
Anterior

Farol de São Thomé recebe etapa do Eco Bodyboard de inverno

Seguinte

Terminal Multicargas do Porto do Açu recebe navio com 25 mil toneladas de sucata