Publicidade
REGIONAL

Informe Epidemiológico passa a ser quinzenal

A edição de número 16 do Informe Epidemiológico mostra que até 31 de julho de 2020, foram notificados 9.448 casos suspeitos e confirmados da COVID-19. Dentre eles, 8.409 foram casos de Síndrome Gripal (SG) e 1039 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave hospitalizados (SRAG-H).
Até o dia 31 de julho foram registrados 211 óbitos por Covid-19 na cidade. A letalidade da doença foi de 6,9 % e a taxa de mortalidade foi de 41,1 óbitos por 100.000 habitantes. Entre os 211 óbitos confirmados, 116 (55%) eram homens. As duas faixas etárias com maior ocorrência de óbitos foram entre 60 e 69 anos e entre 70 e 79 anos de idade, independentemente do sexo.
Dentre os 161 óbitos (76,3%) possuíam alguma comorbidade. Ao estratificar essa distribuição de acordo com o sexo, identificou-se maior prevalência entre as mulheres (80; 84,2%) quando comparado com os homens (81; 69,8%). As comorbidades mais prevalentes entre os casos de óbito por Covid-19 foram as doenças cardiovasculares crônicas (51,6%) e, em seguida, o diabetes mellitus (38,9%).
A avaliação em vigor essa semana (até 31 de julho) revelou que a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva na rede pública de saúde e na rede privada está em 82,1% e 50,0%, respectivamente. Em relação aos leitos clínicos, observa-se tendência de redução na taxa de ocupação do Sistema Único de Saúde (SUS), isto é, estava em 86,1% no início do mês e reduziu para 55,6% na última semana do mês, assim como nos leitos da saúde suplementar (44,4% para 33,3% no mesmo período).
Por fim, observa-se a partir das análises apresentadas nas últimas versões do informe epidemiológico a tendência de estabilização no crescimento da curva epidêmica de casos na cidade. Diante disso, as próximas edições do informe serão publicadas quinzenalmente. Ressalta-se que a frequência de publicação poderá voltar a ser semanal diante de alterações na evolução clínica e epidemiológica dos casos no município.
No combate à doença a Prefeitura tem mobilizado equipes de diversas Secretarias, bem como agentes de vários órgãos, como do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), equipes da Secretaria Municipal de Saúde, agentes de combate a endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Guarda Civil Municipal, Superintendência de Postura e Secretaria Municipal de Segurança Pública.
Fonte: PMCG

Publicidade

Anterior

Santíssimo Salvador com celebração religiosa adaptada ao enfrentamento à Covid

Seguinte

Desinfecção sanitária prossegue nas repartições públicas