Publicidade
SAÚDE

Hospital de Campanha do Maracanã tem 100 leitos vagos; quase 300 aguardam vaga para tratar Covid-19

Cem leitos de UTI estão vazios no Hospital de Campanha do Maracanã, na Zona Norte do Rio, enquanto 290 pacientes com Covid-19, sendo 211 graves, esperavam por atendimento especializado no estado do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (28).

A unidade, inaugurada com atraso no dia 9 de maio, tem 80 leitos disponíveis no CTI do pavilhão A. Destes, 52 estão em uso, dando uma taxa de ocupação de 65%. Na unidade semi-intensiva, são 120 leitos disponíveis e 44 ocupados, apresentando taxa de 36% de ocupação.

Quando os números do pavilhão B da unidade são analisados é possível perceber que nenhum, dos 80 leitos disponíveis do CTI, está ocupado. Dos 120 leitos da unidade semi-intensiva do pavilhão, 16 estão em uso, com 13,4% de taxa de ocupação.

De acordo com o Governo do Estado do RJ, os 400 leitos da unidade do Maracanã estariam em funcionamento até o dia 15 de maio, sendo 200 de UTI.

Os hospitais de campanha anunciados pelo governo do RJ, que deveriam ter sido entregues até 30 de abril, tiveram o calendário de inauguração modificado pela quarta vez na quinta-feira (21). Ao todo, o estado contabilizou 4.605 mortes e 42.398 mil casos confirmados da doença.

O novo cronograma de inaugurações agora vai até o dia 18 de junho, segundo a Organização Social Iabas, contratada pelo governo para gerir as unidades e que se tornou alvo de operação contra fraudes na Saúde.

Nesta quinta-feira (28), a previsão é de abertura do Hospital de Campanha de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. A unidade, que tem no contrato a disposição de 200 leitos – 80 de unidade de terapia intensiva e 120 de enfermaria, vai abrir as portas com apenas 10 leitos. Isso porque havia 10 respiradores disponíveis.

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou também a inauguração do hospital de campanha de Nova Iguaçu nesta sexta-feira (29) com 100 dos 500 leitos prometidos.

Veja abaixo as datas das próximas inaugurações:

  • Nova Iguaçu – 29 maio
  • Duque de Caxias – 1º de junho
  • Nova Friburgo – 7 de junho
  • Campos dos Goytacazes – 12 de junho
  • Casimiro de Abreu – 18 de junho

Fonte: G1


Publicidade

Anterior

Justiça suspende nova nomeação do ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos

Seguinte

Auxílio Emergencial: Caixa credita nesta quinta benefício a mais 2,5 milhões de trabalhadores