Publicidade
ESPORTES

Gre-Nal inédito na Libertadores acaba sem gols e com oito expulsões

O Gre-Nal 424, realizado na noite desta quinta-feira, na Arena, o primeiro da história pela Libertadores, acabou como outras 134 vezes: empatado. Mas ficou marcado, mesmo, pelas confusão generalizada entre os jogadores nos minutos finais. Grêmio e Inter ficaram no 0 a 0 em um clássico com oito expulsões, quatro para cada lado. A partida foi válida pela 2ª rodada da fase de grupos da competição.

Brigas, confusões e expulsões

Foram 85 minutos corridos de um Gre-Nal com chances para azuis e vermelhos. Mas, aos 40 do segundo tempo, após uma dividida, Moisés e Pepê trocaram farpas. Foi a fagulha para 10 minutos de jogo parado, com confusão generalizada entre jogadores de ambos os times, troca de socos e empurrões, em um péssimo exemplo para os mais de 53 mil torcedores presentes na Arena. Até mesmo os técnicos Renato Gaúcho e Eduardo Coudet estavam dentro do campo, mas não impediram mais confusões. O árbitro Fernando Rapalini observou tudo de longe e não hesitou na hora de tomar uma atitude. Expulsou Luciano, Paulo Miranda, Caio Henrique e Pepê, do Grêmio, e Moisés, Edenílson, Cuesta e Praxedes, do Inter.

  • Como fica?

    Dentro do Grupo E, as equipes se mantiveram em suas colocações na tabela. O Inter lidera com os mesmos quatro pontos do Grêmio. Só que o Tricolor fica em segundo lugar por possuir um gol a menos de saldo.

  • Primeiro tempo

    Sobrou vontade, faltou futebol. Em um primeiro tempo de muita marcação e bate-boca, Grêmio e Inter ficaram no 0 a 0. O Tricolor começou em cima e quase abriu o placar. Aos quatro minutos, Pedro Geromel cabeceou no canto, mas Marcelo Lomba defendeu. E depois, pouco criou. O Inter respondeu aos 12, em um chute de fora da área, defendido por Vanderlei. Depois, a síntese foi uma dificuldade na troca de passes, sem chances claras. Aos 32, Boschilia apareceu dentro da área, mas errou o alvo em frente a Vanderlei.

  • Segundo tempo

    Se faltaram chances na primeira etapa, sobraram na parte final. Jean Pyerre entrou no lugar do lesionado Maicon e deu seu cartão de visitas. Aos 18, obrigou Lomba a fazer uma grande defesa em um chute de fora da área. Edenílson respondeu acertando a trave de Vanderlei. Depois, foi a vez de Boschilia acertar o mesmo poste. As equipes intensificaram o ritmo do jogo. Luciano sai na cara de Marcelo Lomba, tentou por cobertura e mandou sobre o gol. Mas aos 40 minutos, uma confusão generalizada rendeu oito expulsões, quatro para cada lado. Lucas Silva ainda acertou o travessão, dentro da área, nos acréscimos.

  • Libertadores suspensa

    O Gre-Nal 424 foi o último jogo da fase de grupos da Libertadores, ao menos até o momento. Afinal, a Conmebol decidiu suspender os jogos da competição previstos para a semana que vem por causa da pandemia do novo coronavírus. A medida é válida para o período entre os dias 15 e 21 de março. Não há confirmação a respeito de quando ocorrem os próximos jogos.

Agenda

Pela Libertadores, não há data confirmada para a realização da 3ª rodada da fase de grupos, já que a Conmebol suspendeu a rodada da próxima semana. A dupla Gre-Nal volta a campo no próximo domingo pelo Campeonato Gaúcho. O Grêmio joga antes, às 11h, recebendo o São Luiz na Arena. Enquanto o Inter visita o São José no Francisco Novelletto, às 19h.

Fonte: GLOBO ESPORTE


Publicidade

Anterior

Coronavírus: governo antecipa metade do 13º de aposentados e suspende prova de vida do INSS

Seguinte

Com petróleo em queda recorde, Petrobras reduz preço dos combustíveis nas refinarias.