Publicidade
ECONOMIA

Governo vai remanejar recursos para fazer investimento sem ‘furar’ teto de gastos’, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes afirmou nesta segunda-feira (17) que o governo vai fazer remanejamento de recursos a fim de criar as condições para que sejam feitos investimentos públicos sem “furar” a regra do teto de gastos.

Guedes fez a afirmação no início da noite, ao deixar o Ministério da Economia, após uma reunião com o senador Marcio Bittar (MDB-AC), relator do Orçamento Geral da União de 2021.

“Vai haver um remanejamento de recursos. Estamos vendo o que pode ser remanejado”, afirmou.

Segundo informou o blog de Valdo Cruz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, pediu a Guedes para buscar mais recursos a fim de assegurar investimentos sem ferir o limite de despesas previsto no teto de gastos, principal âncora fiscal do governo.

O pedido foi feito depois de uma declaração do ministro segundo a qual auxiliares estavam aconselhando o presidente a fazer mais investimentos públicos como forma de se fortalecer politicamente para a disputa da reeleição em 2022. Guedes disse que se Bolsonaro admitisse “furar” o teto de gastos iria se aproximar de uma “zona de impeachment”.

Fonte: G1


Publicidade

Anterior

Auxílio Emergencial: beneficiários do Bolsa Família começam a receber a 5ª parcela nesta terça

Seguinte

Senado adia votação de projeto do governo que afrouxa leis de trânsito e aumenta validade da CNH