Publicidade
REGIONALSAÚDE

Governo do Rio pedirá bloqueio de bens do Iabas na Justiça para ressarcimento dos cofres públicos

Após o governador Wilson Witzel intervir na construção dos hospitais de campanha do Rio, o governo do Estado pedirá à Justiça o bloqueio dos bens da Organização Social abas para o ressarcimento dos prejuízos aos cofres públicos. Até o momento, o estado já repassou  R$ 256,5 milhões dos R$ 836 milhões previstos em contrato.

Novos repasses para a organização social foram proibidos no fim de maio pelo Tribunal de Contas do Rio. O TCE afirmou que não há comprovação da qualidade técnica da OS para uma operação desse porte, e que os complexos serviços contratados estão “genericamente condensados em um item”. Na sua análise, o conselheiro Christiano Lacerda chamou a atenção para alguns custos específicos, como o de R$ 4,5 milhões mensais por unidade em tendas, R$1 milhão em “assessoria e consultoria”, e R$ 611 mil em “limpeza predial e jardinagem”.

Fonte: O GLOBO


Publicidade

Anterior

Witzel determina a volta do metrô e do transporte público intermunicipal: ônibus, barcas e trem

Seguinte

OMS recomenda que máscara caseira tenha três camadas de diferentes materiais