Publicidade
POLÍTICA

Garotinho condenado a 16 meses de detenção pelos crimes de calúnia e difamação

A decisão foi da juíza Alessandra Bilac, da 40ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

O ex-governador do estado do Rio de Janeiro Anthony William Matheus Garotinho de Oliveira foi condenado a uma pena de 16 meses de detenção pelos crimes de calúnia e difamação contra o ex-policial do Bope Rodrigo Pimentel. A decisão foi da juíza Alessandra Bilac, da 40ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Em seu blog pessoal, Garotinho disse que Rodrigo Pimentel teria sido desligado da corporação por ter urinado nas calças durante uma operação em uma comunidade.

A pena de Anthony foi convertida por prestação de serviços, além de uma multa de R$ 50 mil que será revertida para o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Fonte: Redação/O Globo

Publicidade
Anterior

Gabinete itinerante do Comandante-Geral da PM em Campos nesta quarta

Seguinte

Kefir: o que é, benefícios e como fazer