Publicidade
SAÚDE

Fiocruz antecipa entrega de 580 mil doses da vacina ao Ministério da Saúde

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) antecipou para essa quinta-feira (18) a entrega das 580 mil doses de vacina de Oxford contra a Covid-19 produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), no Rio de Janeiro. Os imunizantes foram fabricados com o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) importado da China e já deixaram a sede da instituição. Originalmente, os fármacos seriam entregues na sexta-feira (19).

A carga é parte final da primeira remessa, de 1,080 milhão de doses prometida ao Ministério. As primeiras 500 mil foram entregues na quarta-feira (17), em solenidade realizada no campus da fundação, em Manguinhos, Zona Norte do Rio, com a presença do atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e do novo indicado para a pasta, o cardiologista Marcelo Queiroga.

As novas 580 mil doses foram produzidas na nova linha de operações de Bio-Manguinhos, que agora conta com duas frentes de produção. A vacina teve seu registro definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 12 de março.

A Fiocruz pretende entregar as 100,4 milhões de doses previstas no contrato de encomenda tecnológica com o laboratório anglo-sueco AstraZeneca até julho deste ano. A fundação prevê iniciar os testes com IFA produzido no Brasil ainda em abril, para começar em maio uma etapa de produção da vacina 100% nacional. No segundo semestre, com a conclusão do processo de transferência tecnológica, espera entregar mais 100 milhões de doses.

Fonte: CNN BRASIL


Publicidade

Anterior

Micro e pequenas empresas geraram 75% dos empregos formais em janeiro

Seguinte

Nesta sexta-feira (19) primeira dose da vacina para idosos de 77 anos de A a J