Publicidade
SAÚDE

Estudo indica que remédio para diabetes pode reduzir mortes de mulheres por Covid-19

Um medicamento antidiabético barato e disponível no mundo, chamado metformina, pode ajudar a salvar pacientes mulheres com Covid-19 em estado grave. É o que apontam divulgações preliminares de estudo da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos.

Entre mais de 6.200 adultos com diabetes ou obesidade que foram hospitalizados com o novo coronavírus observados pelo estudo, houve menos mortes entre mulheres que haviam preenchido suas prescrições de metforminado que entre as que não tomavam o medicamento.

O público feminino, de acordo com o estudo, tem uma probabilidade aproximadamente 24% menor de morrer pelo novo coronavírus ao terem sido tratadas com o medicamento. A relação não foi vista nos homens.

—  Sabemos que a metformina tem efeitos diferentes em homens e mulheres. No teste de prevenção do diabetes, a substância reduziu a PCR (um marcador de inflamação da proteína C reativa produzida pelo fígado) duas vezes mais em mulheres do que em homens — disse a coautora do estudo, Carolyn Bramante, da Universidade de Minnesota.

O estudo norte-americano sugere que a substância pode reduzir os níveis de TNF-alfa (uma proteína de inflamação que parece piorar a doença) em maior extensão nas mulheres do que nos homens.

—  O fato de detectarmos o benefício apenas nas mulheres pode sugerir que os efeitos da metformina no TNF-alfa são a razão pela qual ela ajuda na Covid-19 — disse Bramante.

Segundo os pesquisadores, ensaios clínicos formais ainda são necessários para confirmar as teorias levantadas por este estudo observacional.

Fonte: O GLOBO


Publicidade

Anterior

Vacina de Oxford contra Covid-19 começa a ser testada em profissionais de saúde de SP

Seguinte

Decisão do STJD e inspeções da Vigilância Sanitária definirão andamento do Carioca nesta terça