Publicidade
ECONOMIAREGIONAL

Desenvolvimento em pauta durante reunião da Fundenor

O prefeito Wladimir Garotinho se reuniu nesta terça-feira (06) com representantes do setor produtivo na sede da Fundação Norte Fluminense de Desenvolvimento Regional (Fundenor), onde falou sobre avanços do município nos seis meses de gestão e ouviu sugestões, principalmente, nas áreas da Agricultura  e Infraestrutura. A reunião foi conduzida pelo presidente da entidade, Eraldo Bacellar. Entre os presentes estavam o vice-presidente da Fundenor, Leonardo Castro; os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Mérida; e de Agricultura e Pecuária, Almy Júnior.  A entidade é um instrumento de desenvolvimento regional que atua em parceria com setores públicos e privados.
A reunião teve início com uma boa notícia do prefeito em relação à infraestrutura. “Todo entulho produzido na cidade vai virar material para recuperar as estradas. O entulho vai se transformar em seis tipos diferentes de material, que será utilizado para base das estradas. Material para estrada não vai faltar. Dia 15, esse equipamento começa a operar”, disse o prefeito, se referindo ao equipamento adquirido pela prefeita Rosinha Garotinho em 2016, que transforma entulho em base para recuperação de estradas, investimento fundamental para o escoamento da produção agrícola do município.
O presidente da Fundenor, Eraldo Bacellar, deu as boas-vindas ao prefeito e falou sobre a função da entidade, que também acolhe dois órgãos da prefeitura em suas dependências, através de convênio: a Secretaria de Agricultura e Pecuária e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).  “A função desta casa é buscar soluções. A gente entende que a Fundenor tem que ser uma prestadora de serviços”, destaca Bacellar, se referindo à união de forças para a execução de projetos de forma conjunta.
Durante o encontro, o prefeito também destacou que o pagamento em dia de servidores e fornecedores vem contribuindo para movimentar a economia do município e que, desde janeiro, vem trabalhando junto com sua equipe para fomentar o desenvolvimento. “Campos está vivendo um novo momento e, apesar de todas as dificuldades, estou muito motivado pelos resultados que temos atingido na recuperação da economia. Campos emitiu notas fiscais de serviços de quase R$ 1,3 bilhão, em apenas seis meses, dinheiro que circulou na nossa cidade. Mais uma vez, com base em dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), Campos está liderando na região na geração de empregos formais. Obviamente, que tem o fator da safra de cana-de-açúcar, mas já é possível observar a retomada da economia no nosso município”, explica Wladimir, se referindo também à chegada de novas lojas de uma grande rede de departamento.
Durante a reunião, o prefeito chamou de “cenário desolador” o quadro em que foi encontrada a agricultura do município, em janeiro deste ano.  “A prefeitura não tem uma patrol. Mesmo assim, já recuperamos em seis meses mais de 120 quilômetros de estradas em seis meses”, destacou Wladimir, falando ainda que a agricultura vai ser o principal canal para o futuro do município, levando em considerando a vocação do município nesta área. Ele lembrou, ainda, que o município conseguiu R$ 10 milhões em emendas para o setor.
Entre as ponderações feitas pelos membros da entidade, o representante do Sindicato varejista, Fernando Trindade, falou sobre um projeto de arborização e o prefeito adiantou o Projeto Vias Verdes, que vai contemplar 12 principais avenidas e rotatórias do município. “O prefeito lançou o projeto Amigo da Cidade e estamos vendo muitas empresas participarem voluntariamente. Acho que as ações do governo têm muita participação da sociedade civil, porque quando a gente vê empresas em um momento difícil como estamos vivendo, ter esse desprendimento, é um fator muito positivo”.
– Tenho muito orgulho de estar participando do governo do prefeito Wladimir pela condução da relação com a sociedade civil, uma condução reta, direta, que interage e escuta o contraditório. É muito importante que a gente tenha confiança nessa relação – destacou Mérida.
Temas estruturantes como canais, cisternões e soluções para redes de águas pluviais também fizeram parte da reunião. “Foi uma reunião excelente. Não só pela Fundenor, mas como representante do terceiro setor, entendemos que o prefeito está com visão de desenvolvimento do município. Estamos aqui para colaborar, apoiar e oferecer soluções”, finaliza Bacellar. Além de diretores e conselheiros da Fundenor, também, estavam na reunião engenheiros, agrônomos, empresários, representantes da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic), Sindicato do Comércio Varejista, Comitê do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana, entre outros.
FONTE: COMUNICAÇÃO PMCG

Publicidade

Anterior

Vacinação de Permissionários do transporte alternativo a partir desta quarta-feira

Seguinte

Bancários de Campos começam a ser vacinados na próxima segunda