Publicidade
DNews

Cremerj: luta dos médicos de Campos é exemplo para o Estado Servidores da Saúde de Campos se reuniram com representantes do Conselho Regional de Medicina

Na noite desta segunda-feira (26), representantes do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) se reuniram com cerca de 60 servidores da saúde de Campos, no auditório da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), com a finalidade de deliberarem sobre os novos rumos das atuações dos médicos do município. A reunião, que contou com a presença de representantes do Sindicato dos Médicos de Campos (Simec), ocorreu após uma vistoria do órgão nos hospitais municipais Ferreira Machado e Geral de Guarus.

“Vamos transformar a luta de vocês aqui de Campos em uma luta estadual. Esse é o motivo da vinda do Cremerj ao município. Traremos todo o peso do Cremerj, a nível de estado, para atuar ativamente em Campos, por meio do processo de ampla fiscalização. Nosso objetivo é dar condições de trabalho ao médico e defesa do profissional”, declarou o representante do Cremerj, Romualdo Gama.

Segundo ele, o cenário atual da saúde pública de Campos pode ser comparado a parábola do sapo inerte na panela de água quente. “Se colocarmos um sapo em uma panela com água fervente, ele pula pra fora imediatamente. Mas, se o colocarmos em uma panela com água fria e formos elevando gradativamente a temperatura, ele demora a reagir e quando tentar sair já será tarde, pois estará sendo cozido, e então limitado. Isso é similar ao que acontece atualmente com a classe médica em Campos, ela está sendo assada. Vamos lutar para mudar isso”, disse ele.


Publicidade

Anterior

Petrobras detecta vazamento de mais 6,6 mil litros de óleo na Bacia de Campos

Seguinte

Homem morre e outro fica ferido após caminhão carregado com abacaxis capotar na BR-356