Publicidade
REGIONAL

Corpo de jovem que pulou no rio Muriaé durante cheia é encontrado

O corpo de Tarciano dos Reis Gama, de 19 anos, foi localizado no bairro Matadouro, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, no início da tarde de ontem. Ele e outros três jovens pularam no rio Muriaé da Ponte de Ferro, na Avenida João Dias da Silva, no sábado (25). A cena, que aconteceu durante a inundação que deixa cerca de 2 mil desalojados.

As buscas pelo jovem tinham sido retomadas pela equipes do Corpo de Bombeiros às 7h30 desta segunda-feira (27). Tarciano foi arrastado pela correnteza e sumiu. Nas imagens, é possível ver que os rapazes enfrentaram dificuldades para alcançar as pranchas lançadas no rio por conta do volume e força da água.

O pai do jovem chegou a ficar em estado de choque ao receber a notícia do desaparecimento do filho.

Pessoas se arriscando

Outros registros de brincadeiras nas águas da enchente foram feitos por moradores no sábado. Horas antes, em outro ponto, dezenas pessoas chegaram a fazer fila para pular em um valão do bairro Cehab, que já estava transbordando.

Em um trecho das imagens, que circulam pelas redes sociais, é possível ver um morador saltando até de bicicleta.

Eles aproveitam o momento em que um caminhão-baú tenta atravessar a ponte que fica sobre valão para subir no teto do veículo e pular. As imagens mostram ainda uma multidão assistindo à “brincadeira”.

A Defesa Civil de Itaperuna vem emitindo alerta para que a população evite áreas inundadas e avisa sobre os riscos da prática.

“A orientação é que as pessoas não façam ações como essas, pois além do risco de afogamento e serem arrastadas pela correnteza, tem o risco de contrair doenças nas águas sujas”.
Fonte: G1

Publicidade

Anterior

Enchente deixa 15 mil pessoas fora de casa no Norte e Noroeste do Rio e mobiliza cidades em todo o estado

Seguinte

Prefeito de Porciúncula anuncia reabastecimento de água para a população após enchente