Publicidade
SAÚDE

Coronavírus: Remdesivir ajuda pacientes moderados com Covid-19 a melhorar, diz farmacêutica americana

A Gilead Sciences informou nesta segunda-feira (01) que o Remdesivir, medicamento antiviral usado no tratamento de pacientes com a Covid-19, contribuiu para a melhora de pessoas que apresentaram estágio moderado do  novo coronavírus.

O Remdesivir está sendo observado de perto depois que a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA concedeu autorização para uso de emergência no mês passado, citando resultados de outro estudo realizado pelo National Institutes of Health. Neste,  o medicamento reduziu as internações em 31%, ou cerca de quatro dias, em comparação a um placebo.

Não existem medicamentos ou vacinas aprovados para o novo coronavírus. Os novos resultados divulgados pela Gilead são fruto de um estudo desenvolvido para avaliar a segurança e eficácia de um tratamento de 5 e 10 dias com Remdesivir, em atendimento a pacientes com a Covid-19 moderada, em comparação com o do atendimento padrão feito isoladamente.

No dia 11, uma proporção maior de pacientes no grupo de tratamento de 5 dias alcançou melhora no estado clínico em relação ao grupo de tratamento padrão, informou a Gilead.

A farmacêutica disse que as possibilidades de melhora no estado clínico com o tratamento de 10 dias do remdesivir também eram favoráveis quando comparados com o padrão de atendimento.

Fonte: O GLOBO


Publicidade

Anterior

Espanha não registra mortes por coronavírus em 24 horas pela primeira vez em três meses

Seguinte

Cerca de 11 milhões estão em análise para receber auxílio de R$ 600