Publicidade
ESPORTES

Com expulsão de Gabigol no fim, Flamengo vence 1º jogo da final contra o Fluminense

O Flamengo venceu o Fluminense na tarde deste domingo, no Maracanã, pelo jogo de ida da final do Campeonato Carioca. Com gols de Pedro (mais uma vez marcando contra o ex-clube) e Michael, a equipe de Jorge Jesus saiu na frente na decisão e pode até empatar no segundo jogo para ficar com o título da competição. Evanílson fez a favor do Flu, que mais uma vez fez jogo duro e não saiu com um resultado melhor muito por causa das defesas de Diego Alves.

O duelo também foi marcado pela expulsão de Gabigol praticamente no último lance. O atacante do Flamengo, que já havia recebido um cartão amarelo no primeiro tempo, levou o segundo porque demorou a sair de campo para dar lugar ao zagueiro Léo Pereira. O Fla, portanto, terminou a partida com um a menos.

Surpresa na escalação

Jorge Jesus surpreendeu com uma escalação alternativa para o primeiro jogo da decisão: Gerson, Léo Pereira e Everton Ribeiro começaram no banco, e o trio Gustavo Henrique, Diego e Pedro foi titular. Apesar do gol do atacante, a estratégia parece não ter funcionado muito bem, e Diego saiu no início do segundo tempo para a entrada de Gerson.

Primeiro tempo

A exemplo da última quarta-feira, quando conquistou o título da Taça Rio em cima do Flamengo, o Fluminense fez um bom jogo no Maracanã neste domingo. Marcos Paulo, Nenê e Evanílson se movimentavam bastante na frente e abriam espaço: foi assim que Hudson teve a primeira chance do jogo. O Flamengo demorou a entrar no trilho. Mas, quando o fez, abriu o placar até com certa facilidade: de pé em pé, o ataque fez com que a bola chegasse limpa para Pedro, que bateu de primeira e marcou. Antes do intervalo, no entanto, o Flu melhorou e chegou a equilibrar as ações.

Segundo tempo

O Fluminense voltou melhor para o segundo tempo e empatou aos 15 minutos, com Evanílson desviando o cruzamento de Egídio. Preocupado, Jorge Jesus promoveu as entradas de Everton Ribeiro, Gerson e Michael, e o Flamengo ensaiou uma melhora. Aos 28, Gabigol escapou de Egídio depois de um lançamento de Rafinha e só rolou para Michael, sozinho, estufar as redes. Daí em diante, o Flu passou a ocupar mais o campo ofensivo e criou algumas oportunidades – Diego Alves fez grande defesa em finalizações de Dodi e Yago Felipe, por exemplo. Mas não conseguiu evitar a derrota no primeiro jogo da final.

Quarta-feira tem mais

Flamengo e Fluminense voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h (de Brasília), novamente no Maracanã, pelo segundo jogo da final do Campeonato Carioca. Com a vitoria na ida, o time de Jorge Jesus pode até empatar para ficar com o título.

FONTE: GLOBO ESPORTE


Publicidade

Anterior

Hamilton vence e fica a seis vitórias de igualar Schumacher; Ferraris batem

Seguinte

Brasil registra 631 mortes por covid-19 em 24 horas