Publicidade
DNews

Chuva forte atinge Petrópolis e provoca enchentes em vários pontos da cidade;

A cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, sofre com uma forte chuva que atinge o município na tarde desta quarta-feira. Há registro de diversas ruas alagadas em diferentes pontos, inclusive com carros sendo arrastados. Os bairros Bingen e Quitandinha estão entre os mais atingidos.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, divulgado às 17h50m, foram registradas 45 ocorrências por conta de uma pancada de 90 milímetros de chuva em menos de uma hora nesta tarde em Petrópolis: quase nove vezes mais que o esperado para o dia de hoje, de acordo com o órgão. Ao todo, até agora, foram 33 casos de deslizamentos de terra, em ruas como Veridiano Felix, na Estrada da Saudade, Alagoas, no Quitandinha, Carlos Frederico Keuper, na Mosela e Paulo Hervê no Bingen. Além disso, houve alagamentos em diversos pontos na cidade, como em ruas do Centro, Quitandinha, Valparaíso, Mosela e Bingen. Equipes do órgão estão nas ruas atendendo aos chamados.

Ainda de acordo com a nota, a Defesa Civil está em estado de atenção, por causa da previsão de mais chuva para as próximas horas e 55 agentes estão de prontidão para atender aos chamados dos moradores. Nas últimas 96 horas, o pluviômetro da Rua 24 de Maio registra 201.8 milímetros acumulados.

— É importante que os moradores que vivem em áreas de risco tenham atenção redobrada, já que chove na cidade desde o dia 2 de janeiro e o acumulado está alto — afirmou o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato.

Em caso de qualquer sinal de instabilidade no imóvel ou terreno, a Defesa Civil  pede para que ligue para o número 199 e peça uma vistoria preventiva ao órgão. A ligação e o serviço são gratuitos.

— A coisa ficou bem complicada. Nós já enfrentamos muitos problemas com enchentes, mas, desta vez, parece que houve alagamento em muitos lugares, até onde normalmente não há. Na Coronel Veiga, que liga o Centro ao Quitandinha, uma via com bastante movimento, a rua ficou alagada, mas ali é até comum. Em outros pontos como no próprio Palácio, o lago transbordou e tomou as pistas em volta. O rio transbordou acima do normal, e os bueiros também parecem ter entupido acima do normal — contou o morador Vítor de Paiva, de 27 anos.

Atenção redobrada na Serra

Ainda não há registro de ocorrências, como deslizamentos, por exemplo, em função do temporal na estrada que liga Petrópolis ao Rio. No entanto, a grande quantidade de chuva que cai na região desde os primeiros dias do ano exige que motoristas tenham atenção na Serra. Em nota, a Conser, concessionária que administra a via, recomenda prudência redobrada.

Brincadeira perigosa

Além das imagens assustadoras da água arrastando carros e deixando pessoas ilhadas, uma atitude inusitada de dois homens também ganhou atenção de moradores do bairro. Numa brincadeira perigosa, um deles se vestiu como se fosse à praia surfar, pegou sua prancha e a amarrou na moto do colega, como se ela fosse um jet-ski. Resultado: o wakeboard da dupla virou centro das atenções por onde passou, e diversos internautas registraram a cena. Em todas elas, o surfista se desequilibra e acaba caindo.

Alerta do Inmet para todo o estado

O Instituto Nacional de Meteorologista (Inmet) emitiu alerta laranja, situação meteorológica perigosa, para o Estado do Rio por conta do volume de chuva previsto para o dia de hoje. O alerta laranja é classificado como alto risco, onde a população deve se preparar “para tomar uma ação de emergência se necessário”:

“Situação meteorológica perigosa. Mantenha-se muito vigilante e informe-se regularmente sobre as condições meteorológicas previstas. Inteire-se sobre os riscos que possam ser inevitáveis. Siga os conselhos das autoridades”, explica o site do Inmet.

Fonte: O GLOBO


Publicidade

Anterior

Mãe de bebê morto a dentadas é solta e avó critica: 'Perigo para a sociedade'

Seguinte

Foguetes caem em Zona Verde de Bagdá