Publicidade
DNews

Cartão de confirmação do Enem estará disponível no dia 20 de outubro

Cartão do Enem indica também se o estudante pediu atendimento especializado e ou específico. – Foto: Divulgação

A partir de 20 de outubro, o cartão de confirmação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano estará disponível na página eletrônica do exame. Ele informa o local onde cada estudante fará as provas, além do número de inscrição e dos horários das provas. Para ter acesso ao cartão de confirmação, o aluno deve informar seu CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição.

No cartão, informa-se também se o estudante pediu atendimento especializado e ou específico e qual a opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol. Neste ano, o Enem será realizado em dois domingos, nos dias 5 e 12 de novembro. A abertura dos portões será às 12h e o fechamento às 13h.

O início dos testes será às 13h30, sempre tendo como referência o horário de Brasília. No primeiro domingo, os estudantes farão testes de ciências humanas, linguagens e redação e terão cinco horas e meia para fazer o exame. No segundo domingo, as provas serão de matemática e ciências da natureza, com prazo de quatro horas e meia.

Dentro do que está definido, neste ano, a prova do Enem será personalizada, ou seja, os participantes receberão cadernos de questões identificados com nome e número de inscrição, informações que também passam a constar nos cartões de resposta encartados. Até o ano passado, os participantes recebiam o cartão de resposta separado e faziam a identificação com a cor de sua prova.

A Agência Brasil acrescenta que outra medida de segurança que será adotada neste ano são os detectores de ponto eletrônico, que serão usados para identificar participantes que tentarem usá-lo, assim como aparelhos de transmissão, que, eventualmente, possam ter burlado a inspeção por meio de detectores de metal.

O novo recurso é um receptor avançado de detecção de campo próximo, capaz de acusar a emissão de sinais em radiofrequência de wi-fi, bluetooth, celulares e em transmissões ilegais.

FONTE: Agência Brasil


Publicidade

Anterior

Sindicato de empregados dos Correios mantém greve e convoca para ato no dia 3

Seguinte

‘Notícias falsas e jornalismo de paz’: tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais 2018