Publicidade
REGIONALSAÚDE

Campos já conta com mais 20 leitos de clínica médica para Covid-19

O Prefeito Wladimir Garotinho, na tarde desta terça-feira (20), oficializou a abertura de mais de 20 leitos de clínica médica para tratamento da Covid-19, instalados no Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCCC). A operacionalização dos leitos faz parte dos esforços e compromisso da atual gestão com a população e o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.
Com os novos leitos, que foram disponibilizados dois em cada quarto, o CCCC passa a contar com 58 leitos de clínica médica. Com isso, sobe para 216 o número de leitos de clínica médica na rede pública e privada no município. Já leitos de UTI somam 154 também na rede pública e privada.
“Nós estamos fazendo a nossa parte, mas precisamos da colaboração da população. É importante não se aglomerar, seguir as restrições, usar máscara, álcool em gel para que possamos passar por esse momento difícil”, disse Wladimir, acrescentando que “além deste 20 leitos, ainda temos perspectivas de abrir mais 29 leitos na Santa Casa, totalizando 49 leitos de clínica médica, nesta semana”.
O Vice-Prefeito Frederico Paes reforçou o pedido para a população fazer a parte dela, seguindo as recomendações de higienização correta das mães e uso de máscaras. “Na verdade, nossa alegria seria se estivéssemos fechando as unidades de atendimento ao coronavírus, mas a prefeitura tem feito a parte dela. É preciso que a população também faça sua parte. Semana passada inauguramos 10 novos leitos de UTI e hoje 20 de clínica médica que é tão importante quanto UTI. Devemos abrir mais 10 leitos de UTI ainda essa semana, mas é preciso a população entender que não adiante abrir leitos se ela tomar os cuidados para se proteger. A situação hoje em Campos ainda é crítica e fica o alerta para todos tomarem muito cuidado com essa doença”, disse Frederico.
O secretário municipal de Saúde, Adelsir Barreto, falou sobre os esforços para produzir assistência de qualidade à população. “A cada semana acrescentamos mais leitos com objetivo de garantir assistência de qualidade ao nosso povo. Nós estamos totalmente comprometidos e voltados para diminuir o sofrimento da nossa população. Então esses 20 leitos vêm trazer mais tranquilidade, todavia nós não devemos diminuir a vigilância”.
De acordo com o presidente da Sociedade Beneficência Portuguesa (SBP), Renato Faria, para operacionalização dos 20 leitos foi preciso a instalação de uma usina de oxigênio, que ficou pronta ontem. “Essa parceria começou no ano passado e hoje estamos reinaugurando esses 20 leitos clínicos que estavam desativados. Demorou um pouco, pois precisávamos colocar para funcionar uma terceira usina de oxigênio e conseguimos fazer isso ontem. Hoje os leitos já foram liberados para as internações”, disse.
Fonte: Comunicação PMCG

Publicidade

Anterior

Putin espera que Rússia alcance imunidade coletiva no 2º semestre

Seguinte

Campos na segunda reunião da CPI dos Royalties da Alerj