Publicidade
POLÍCIA

Caminhoneiro é resgatado e a carga recuperada em estrada federal do Rio

A PRF desenvolveu a operação. Foto: Divulgação

Em ação ocorrida na madrugada desta quarta-feira (9), na altura do km 309 da Rodovia Niterói-Manilha, no município de São Gonçalo (Estado do Rio de Janeiro), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperaram a carga roubada de um caminhão e libertaram o motorista que foi feito refém.

De acordo com a PRF, quatro homens armados utilizando um carro particular renderam os funcionários da transportadora e levaram o caminhoneiro até a Favela do Salgueiro. Na rodovia, os empregados da transportadora encontraram uma equipe da Polícia Rodoviária Federal e informaram aos agentes do roubo da carga.

Eles disseram que o caminhão tinha rastreador e que, pelo equipamento, foi possível verificar que o veículo estava fora da estrada, dentro da comunidade. Os policiais foram ao local e verificaram que cerca de 10 criminosos estavam saqueando a carga de alimentos e autopeças.

Com a chegada da equipe, os suspeitos fugiram, sem entrar em confronto com os agentes. O motorista foi resgatado ileso e a carga, avaliada em R$ 350 mil, quase toda recuperada. O caso foi registrado na delegacia de Neves, em São Gonçalo.

A PRF explica que a ação faz parte da Operação Égide, que teve início em julho, com a vinda de 380 homens da PRF de outros estados reforçar o policiamento nas estradas federais de acesso ao Rio.

O objetivo principal é o combate ao roubo de cargas, além da repressão a outros crimes, como o tráfico de drogas. Em julho último, as empresas de transporte de carga que trafegam pelas estradas do Rio ameaçaram paralisar o serviço de entregas no estado.

A consequência foi o desabastecimento no comércio, caso os roubos a caminhão não forem contidos. O pedido do reforço no policiamento pela PRF foi feito pelo governador Luiz Fernando Pezão ao presidente Michel Temer.

FONTE: Agência Brasil


Publicidade

Anterior

Câmara de Vereadores aprova uso de ponto biométrico para servidores

Seguinte

Municípios têm até o dia 18 de agosto para aderir ao Programa Criança Feliz