Publicidade
ECONOMIA

Caixa libera saque do FGTS para quem for demitido por ‘força maior’

A Caixa Econômica passou a permitir o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores demitidos por motivo de ‘força maior’. O banco vai dispensar a apresentação de decisão judicial que costuma ser exigida para comprovar a causa da demissão.

Até então, o dinheiro do fundo ficava bloqueado para quem estivesse nesta situação. A partir da nova orientação, o trabalhador já não precisa mais acionar a Justiça para receber o benefício. As empresas, no entanto, ainda precisam protocolar a causa demissional no Judiciário.

Normalmente, empresas listam essa causa de demissão quando enfrentam sérios problemas financeiros e fecham. Assim, elas conseguem redução da multa de rescisão de 40% para 20% dos valores depositados no fundo. Diante da crise da pandemia do novo coronavírus, a situação pode se tornar mais comum.

Fonte: VALOR INVESTE


Publicidade

Anterior

Supermercados autorizados a abrir aos domingos de acordo com normas de restrição

Seguinte

Congresso Nacional decreta luto oficial de três dias por mortes da Covid-19