Publicidade
DNews

Cabo Frio tem violência durante ação da polícia para dispersar aglomeração

Para dispersar uma multidão na praia do Forte, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, a tropa de choque da Polícia Militar precisou usar bomba de gás lacrimogêneo e balas de borracha na madrugada desta terça-feira (16). As imagens obtidas pela CNN mostram o grupo de elite caminhando em direção aos foliões. Carros voltaram de ré e houve correria. A ação contou com o apoio de fiscais da prefeitura. Ninguém ficou ferido, segundo as primeiras informações.

Nas redes sociais, muitos moradores relataram que as “farras” acontecem desde sexta-feira, início do que seria o período de Carnaval se as festas e blocos não tivessem sido cancelados para conter a pandemia do coronavírus.

Os relatos, além de demostrar indignação com o descumprimento das medidas sanitárias, também dava o tom de preocupação com médicos que estão na linha de frente para cuidar dos contaminados pela Covid-19. “O prefeito deixou a cidade lotar, não tinha como controlar mesmo a multidão”, dizia uma das postagens. Outra moradora desabafou: “SUS com filas, hospitais cheios e as pessoas nas festas aqui, não se preocupam com seus familiares trancados em casa, tentando se cuidar”.

No domingo (14), centenas de pessoas ocuparam a orla da Praia do Forte e poucos usavam máscara. Também não houve distanciamento social e muito menos receio de multa ou quaisquer outros tipos de punições.

A CNN mostrou imagens de uma festa que começou no sábado e com data para terminar somente nesta terça-feira (16) em um restaurante conhecido, próximo à prefeitura. O evento lotou, mas os organizadores insistiram com a versão de que seguiam todos os protocolos de segurança.

Moradores tentaram denunciar nos canais da prefeitura, mas informaram pelas redes sociais que não conseguiram porque os telefones dos órgãos fiscalizadores não funcionavam.

“A Prefeitura de Cabo Frio informa que o Batalhão de Choque em apoio ao 25° BPM está atuando na dispersão de aglomerações em toda a Região dos Lagos, assim como em Cabo Frio. As atividades para combater e dispersar aglomerações estão ocorrendo desde a sexta-feira (12), em locais como a Praia do Forte, Boulevard Canal, Passagem, entre outros.”

Fonte: CNN BRASIL


Publicidade

Anterior

Brasil deve fechar acordo para compra de Sputnik V e Covaxin nesta semana

Seguinte

Servidores municipais acima de 60 anos devem retornar às atividades presenciais