Publicidade
SAÚDE

Butantan entrega 10 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde nesta segunda-feira

O Instituto Butantan liberou na manhã desta segunda-feira (30) mais 10 milhões de doses da CoronaVac ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. É o maior lote já enviado para o governo federal desde o início das entregas, em janeiro deste ano.

Com a entrega desse novo lote ao governo federal, o Butantan completa o repasse de 92,8 milhões de doses.

As vacinas enviadas nesta manhã fazem parte do segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de imunizantes.

O primeiro, de 46 milhões, foi concluído em 12 de maio.

Em coletiva de imprensa durante a liberação do lote, o diretor do Instituto, Dimas Covas, disse que o Butantan não vai conseguir completar a entrega das 100 milhões de doses nesta terça-feira (31), conforme previsto e sustentado pelo governador João Doria (PSDB) até semana passada.

Ele admitiu que o encerramento foi adiado e não informou qual a nova data prevista.

“Não entregaremos as 54 milhões de doses até amanhã. Nós estamos reprogramando as entregas em virtude de dois fatos. O primeiro fato foi a própria manifestação do Ministério [da Saúde], que excluiu a vacina como sendo a vacina para a terceira dose. Então, isso muda um pouco a programação. Nós estamos reprogramando porque nós temos outros contratos a serem atendidos, outros estados, outros países, então nós estamos reprogramando, não vamos realizar as entregas das 54 milhões”, disse Dimas Covas.

Estados e América Latina

Após o término do contrato com o governo federal, o Butantan estará apto a fazer entrega de vacinas para estados e municípios que queiram adquirir o imunizante para completar o seu programa de imunização.

O Instituto negocia com ao menos seis estados, além de países da América Latina.

FONTE: G1


Publicidade

Anterior

Estudo diz que vacinados com CoronaVac têm 74% menos chance de morte

Seguinte

Adesão ao Refis/2021 começa nesta segunda-feira