Publicidade
ESPORTES

Botafogo e Fluminense acionam TJD-RJ por mudança de data dos jogos do Carioca

Fluminense e Botafogo ingressaram nesta quinta-feira com ações judiciais separadas junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ).

Em medidas inominadas, termo técnico para classificar a ação, os clubes alegam justa causa para não entrarem em campo pelo Carioca nas datas marcadas pela Ferj. Pela tabela atual, ambos teriam que jogar na próxima segunda-feira.

Para não serem punidos com W.O, Botafogo e Fluminense alegam justa causa para não entrarem campo, já que consideram a preocupação com o coronavírus e a falta de tempo adequado para treinamento.

O artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) cita que a punição ao clube que se ausentar, sem justa causa, é a perda dos pontos da partida em disputa, sendo ela concedida ao adversário. Em caso de reincidência, os clubes podem ser excluídos do estadual.

Os clubes pedem uma liminar ao presidente do TJD, Marcelo Jucá, que pretende se posicionar ainda nesta quinta-feira.

A entrada na Justiça Desportiva é o cumprimento de promessa diante do desfecho do arbitral desta semana. Os dois clubes queriam ao meno adiar os jogos para após o dia 29. Mas os demais presentes à reunião da Série A do Carioca, encabeçados pelo Flamengo, mantiveram o cronograma.

– Ignorando os riscos da pandemia e mesmo o risco de lesões aos atletas por falta de tempo adequado ao treinamento, o Arbitral optou por manter sua posição imprudente, estabelecendo as datas de 22 e 25 de junho para os jogos do Fluminense. Sendo assim, não resta outra alternativa ao clube senão buscar as medidas na justiça desportiva para fazer valer o que é certo, ou seja, remarcar a data de nossos jogos para julho – disse Mário Bittencourt, após o arbitral de terça.

Pela quarta rodada, a Ferj colocou o Botafogo para enfrentar a Cabofriense, segunda, às 17h30. O jogo do Flu foi agendado para as 20h, contra o Volta Redonda. Na quinta rodada, quinta-feira, os jogos são Portuguesa x Botafogo e Macaé x Fluminense.

Fonte: O GLOBO


Publicidade

Anterior

Em vídeo ao lado de Bolsonaro, ministro Abraham Weintraub, da Educação, anuncia saída do cargo

Seguinte

Ferry admite que espera 'segunda onda de Covid-19' após reabertura do comércio no Rio