Publicidade
ECONOMIA

Banco do Brasil: André Brandão é nomeado presidente da instituição nesta terça

O presidente Jair Bolsonaro nomeou, nesta terça-feira (22), André Guilherme Brandão para exercer o cargo de presidente do Banco do Brasil (BBAS3). A publicação saiu em edição extra do Diário Oficial da União.

Brandão substitui Rubem Novaes, que no mesmo decreto foi exonerado, a pedido, por Bolsonaro, da presidência do BB.

Brandão e Novaes apareciam na agenda oficial de Jair Bolsonaro, às 10h desta terça-feira, juntamente com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

De acordo com a assessoria do Banco do Brasil, Jair Bolsonaro assinou o ato de nomeação do novo presidente do BB durante a reunião no Palácio do Planalto, com Guedes, Novaes e Brandão – pouco antes da publicação no Diário Oficial.

Já o termo de posse foi assinado por André Brandão na sede do BB, assim que chegou do Planalto. Brandão, de acordo com a assessoria, começou a trabalhar logo após tomar posse e marcou reuniões ainda nesta terça-feira (22) com os vice-presidentes e diretores do banco.

Perfil discreto

Brandão está alinhado ao perfil que o ministro da Economia, Paulo Guedes, busca para o cargo.

Guedes queria alguém de fora do BB e da vida pública de forma geral e que chegasse ao banco com boa circulação no mercado financeiro privado. A inspiração é o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que era um alto executivo do banco Santander antes de assumir o cargo.

Brandão passou as últimas duas décadas no banco britânico HSBC, sendo hoje o responsável pela instituição no Brasil. Quando assumiu o comando do HSBC Brasil em 2012, Brandão substituiu Conrado Engel, que também chegou a ser cotado para o comando do Banco do Brasil.

Fonte: CNN BRASIL


Publicidade

Anterior

Saúde autoriza volta do público, mas impõe limite de 30% nos estádios

Seguinte

Atividades culturais na modalidade 'drive-in' são regulamentadas