Publicidade
SAÚDE

Após paralisação, Butantan entrega 420 mil doses da Coronavac nesta sexta (30)

O Instituto Butantan entregou, nesta sexta-feira (30), 420 mil doses da vacina Coronavaccontra a Covid-19 ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), acompanhou o envio da remessa.

O novo lote diminui o número de doses pendentes de repasse ao Ministério da Saúde. O governo paulista firmou um contrato com a União que prevê a distribuição de 46 milhões de doses da vacina até o dia 30 de abril, mas, com a paralisação da produção no início do mês e o atraso da China no envio dos insumos, o estado precisou solicitar a ampliação do prazo para cumprir o cronograma na próxima semana.

São Paulo soma 42 milhões de doses enviadas ao PNI com este novo lote da Coronavac. O Instituto Butantan entregou 600 mil doses ao governo federal nos últimos setes dias. Com o lote de hoje, restam cerca de 4,8 milhões de doses para cumprir o contrato de abastecimento da campanha de vacinação nacional no primeiro semestre.

A partir de maio, o governo de São Paulo precisará retomar os altos níveis de produção da vacina para cumprir com o acorde de 54 milhões de doses disponibilizadas para o PNI no segundo semestre deste ano. O Butantan aguarda a chegada de 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para iniciar a prdução da segunda etapa, mas ainda não há data prevista para recebimento.

Pelo menos 12 capitais brasileiras suspenderam uso da Coronavac na vacinação contra Covid-19 por falta de doses, segundo levantamento da CNN junto às secretarias municipais de Saúde, realizado nesta quarta-feira (28).

Fonte: AGÊNCIA BRASIL


Publicidade

Anterior

Senado aprova quebra de patentes de vacinas contra covid-19

Seguinte

Leilão da Cedae arrecada mais de R$ 22 bilhões pelos blocos 1, 2 e 4; bloco 3 não recebe oferta