Publicidade
DNews

Após 8h de negociação, Bombeiros convencem homem a descer de uma torre

Mecânico ficou 8h no alto de uma torre de 50 metros Foto: Filipe Lemos

Foram oito horas de negociação até a chegada de equipes do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), do Rio de Janeiro, que se deslocou imediatamente em uma aeronave do Corpo de Bombeiros, na cidade do Rio até Campos, onde os militares reforçaram o trabalho, conseguindo – às 17h30 -, convencer o mecânico Luiz Antônio, conhecido como ‘Pê’, de aproximadamente  de 35 anos, a descer do alto de uma torre de 50 metros de altura, na Rua Tenente Coronel Cardoso – antiga Formosa -, próximo ao 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), no Centro de Campos.

Dois bombeiros estiveram durante 8h30 – desde às 9h30 até às 17h30 -, desta quinta-feira(28) em negociação direta com ele, para que descesse em segurança pelo mesmo local que havia subido.

De acordo com o coordenador da operação, o Tenente-Bombeiro Gomes, que chegou até o mecânico utilizando uma escada Magirus, “ele repetia a todo momento que não adiantaria desistir do suicídio, pois está sendo perseguido por uma pessoa que iria matá-lo”.

Uma escada Magirus foi utilizada para chegar até o homem Foto: Filipe Lemos

Pela manhã, um irmão de Luiz Antônio esteve no local na tentativa de convencê-lo a não pular, mas não teve sucesso. O trânsito no local sofreu retenções e teve que ser desviado durante praticamente todo o dia.

Segundo o irmão do mecânico, Luiz estaria desempregado e andava triste. “Ele está desempregado e parecia meio triste nos últimos dias. Nunca demonstrou que pudesse chegar a esse ponto, de tentar acabar com a própria vida”, declarou.

Por volta das 17h30, o mecânico disse que tinha desistido de se jogar e concordou em descer com a ajuda dos bombeiros.

“ Tenho 27 anos de corporação e é a primeira vez que vamos resgatar um suicida que resiste por oito horas. Fomos acionados às 09h25 e às 09h30 chegamos ao local. Colocamos dois bombeiros em salvamento em alturas, sempre que chegávamos perto dele através da escada Magirus ele ameaçava se jogar. Graças a Deus obtivemos êxito e ele saiu ileso. Conseguimos convencê-lo a descer. Ele estava com uma faca e uma chave de fenda em mãos. Ele queria se auto lesionar. Negociamos e fizemos de tudo, conseguimos localizar um irmão e um sobrinho para conversar com ele. Em todo momento ele disse que queria se matar por circunstâncias da vida”, relatou o tenente do Corpo de Bombeiros, José Luis Gomes Moura.

Com Campos24h


Publicidade

Anterior

Campos injeta R$ 77,5 milhões na economia com pagamento dos servidores nesta 6ª

Seguinte

Novo prazo: Refis/Campos 2017 vai até 16 de outubro