Publicidade
REGIONAL

Alerj aprova doação de R$ 40 milhões para Fiocruz e Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, nesta terça-feira (4), dois projetos de lei que autorizam a doação de R$ 20 milhões para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o repasse de mais R$ 20 milhões para a revitalização das instalações do Museu Nacional. Os recursos virão do caixa da Assembleia.

Com o montante, a Fiocruz irá desenvolver o Plano de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19). A fundação deve detalhar as ações que serão apoiadas, as despesas e o cronograma de desembolso. Todas as informações deverão ser disponibilizadas via internet.

Já o valor da reforma do Museu, que teve seu acervo destruído durante um incêndio no ano de 2018, será repassado pela Alerj à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A instituição científica é uma das mais antigas do Brasil e um dos maiores museus de história natural e de antropologia das Américas.

O custo estimado para a reconstrução do palácio é de R$ 300 milhões, sendo que os valores que a instituição recebeu desde a tragédia somam cerca de R$ 160 milhões. Os dois textos ainda deverão ser analisados pelo governador do estado, Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancioná-los ou vetá-los.

Fonte: CNN BRASIL


Publicidade

Anterior

Cientistas brasileiros criam teste de Covid-19 com inteligência artificial

Seguinte

Santíssimo Salvador com celebração religiosa adaptada ao enfrentamento à Covid