Publicidade
DNews

222 vagas de emprego no Espaço da Oportunidade nesta segunda-feira

Há chances para o primeiro emprego, para pessoas com deficiência e também para diversos níveis de escolaridade. Foto: Divulgação/Sup. Comunicação

A quarta semana de janeiro começou com 222 vagas de emprego em diversas áreas no Espaço da Oportunidade, vinculado à Superintendência municipal de Trabalho e Renda, nesta segunda-feira (22). Há chances para o primeiro emprego, para pessoas com deficiência e também para diversos níveis de escolaridade.

A atividade na área de vendas é a que mais tem oportunidades neste início de semana. São 37 vagas para promotor de vendas. Com o verão, há 18 vagas para desempenhar a função de vendedor ambulante, com carrinhos de picolé. Há outras 20 oportunidades para vendedor autônomo. Confira a lista completa neste link (AQUI).

Os interessados em concorrer a oportunidades de ingressar no mercado de trabalho devem ir até a sede do Espaço da Oportunidade (altos da Rodoviária Roberto Silveira, Centro), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para realização de cadastro de currículo. Os concorrentes devem comparecer ao espaço, portando a seguinte documentação: carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência, além de certificados de cursos, caso tenham e documento que comprove a habilitação profissional para a vaga pretendida.

Acompanhamento – Inovação proposta em 2017, o acompanhamento de vagas através do WhatsApp, segue disponível em 2018. O candidato que já possuir cadastro realizado na sede do espaço, pode acompanhar todas as atualizações das vagas de seu interesse através do número 98175-2553. Basta informar número de CPF e código da vaga, e o encaminhamento é feito pela Superintendência de Trabalho e Renda, através do Espaço da Oportunidade, sem a necessidade de o interessado ir novamente até a sede.

Empresas – Também na sede do Espaço da Oportunidade, é feito o cadastro para empresas. Neste caso, é necessária a apresentação do CPNJ, em caso de pessoa jurídica, ou CPF se for pessoa física.

Fonte: Sup. Comunicação


Publicidade

Anterior

Moradores da Baixada Campista estão sem transporte público nesta segunda-feira

Seguinte

Firjan avalia que roubo de cargas causou prejuízo de R$ 607,1 milhões no Estado do Rio